Compra de usina de asfalto gera críticas no Legislativo

BLOG -Cultura no Cariri
A aquisição de uma usina de asfalto foi questionada na sessão desta semana da Câmara Municipal do Crato. O vereador Roberto Anastácio (Pros) ocupou a tribuna para criticar a forma como foi feito o processo licitatório e o valor pelo qual o equipamento foi adquirido. 

Para ele, a máquina foi adquirida por um valor exorbitante de R$ 750 mil. Anastácio afirma que fez uma pesquisa de preço e constatou que há no mercado nacional usina de melhor qualidade e por um preço abaixo do preço comprado pela administração municipal. 

O prefeito Ronaldo Matos (PMDB) informou, em nota, que a licitação para a compra da usina já foi concluída, o município adquiriu um equipamento com capacidade de atender a demanda apenas do Crato por um preço menor do que foi feito numa licitação anterior.

Segundo o prefeito Ronaldo Mattos, a iniciativa vai diminuir os custos e fazer com que o dinheiro da prefeitura seja gasto com maior eficiência. 

A prefeitura pode investir com os novos serviços da usina algo em torno de R$ 2,5 milhões para asfaltar a cidade por ano. Os custos serão diminuídos com a usina já que a prefeitura economizará com impostos e pagamentos de lucros para empresas privadas. 

A gestão da usina ficará sob a responsabilidade da Secretaria de Obras Públicas. Serão contratados técnicos especializados no setor.

Postar um comentário

0 Comentários