Reajuste salarial dos parlamentares deve ser votado no Congresso esta semana



O Congresso Nacional deve votar esta semana o reajuste salarial dos parlamentares. O valor deve ser calculado pela correção do atual salário dos senadores e deputados federais, que é de R$ 26.723, pelo índice acumulado da inflação (IPCA) dos últimos quatro anos, subindo para R$ 33,7 mil. O último aumento ocorreu em 2010.
O reajuste também vale para o salário dos ministros de Estado e da presidente da República, Dilma Rousseff.  A negociação, portanto, envolve o Executivo com os líderes aliados do Senado e da Câmara.
Na oposição, o líder do DEM, senador José Agripino (RN), lembrou que os parlamentares que votarão o aumento não serão necessariamente os mesmos que receberão o valor reajustado.
— É uma obrigação a cada quatro anos para os parlamentares que encerram uma legislatura votar o valor do salário a ser pago na próxima legislatura, só falta definir o percentual — disse.
O projeto de decreto legislativo é apresentado pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). A proposta deve ser votada nas duas Casas e depois promulgada sem necessidade de sanção presidencial.
— Na terça-feira trarei a proposta de um PDC redefinindo. Quero fazer uma proposta que atenda à expectativa correta do Executivo, como também do Legislativo. Nós queremos apenas adequar o reajuste à inflação e ponto final — afirmou Henrique Alves.
Com informações da Agência Câmara


Postar um comentário

0 Comentários