DIÁLOGOS CULTURAIS
Com auditório lotado, Secult debateu no Cariri propostas para as políticas de cultura
Lotando o auditório da Escola Profissional Violeta Arraes, no Crato, o projeto “Diálogos Culturais”, da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, promoveu na noite desta segunda-feira, 2/2, um grande debate com representantes das diversas linguagens artísticas e de vários municípios do Cariri. O secretário Guilherme Sampaio, integrantes da equipe da Secult e artistas, produtores, técnicos, gestores, educadores, formuladores e articuladores do setor cultural discutiram propostas, ações e diretrizes para o setor.
O compromisso do Governo do Estado de ampliar o orçamento da Secult para o equivalente a 1,5% do orçamento estadual geral, ao fim de quatro anos, e de fortalecer as ações no Interior foi destacado pelo secretário. O próximo encontro “Diálogos Culturais” acontece nesta quarta-feira, 4/2, às 17h, na Praça Verde do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura.
"Avaliamos de forma muito positiva a participação, no encontro de hoje no Cariri, dos envolvidos com a produção cultural e de representantes de diferentes setores, com muitas e qualificadas propostas", destacou o secretário Guilherme Sampaio, ressaltando que, após as primeiras edições no Crato e em Fortaleza, o “Diálogos Culturais” seguirá como um programa permanente, de promoção de diálogo direto entre a Secult e os cidadãos, tanto de forma presencial quanto através da Internet.
O secretário enfatizou que a decisão de realizar em um município do Interior do Estado o primeiro grande encontro de interlocução da nova gestão da Secult com os diversos segmentos interessados nas políticas de cultura é um exemplo prático e simbólico do compromisso da Secretaria em ampliar as ações no Interior.
“Esse compromisso está expresso no plano de governo, definido pelo governador Camilo Santana após amplo debate com vários setores da sociedade, e norteará as políticas e ações da Secult, de várias formas. Desde este primeiro encontro acontecendo no Cariri até compromissos como a construção, no Interior, de quatro centros culturais e de 13 escolas profissionalizantes de caráter cultural”, detalhou Guilherme Sampaio.
Reuniões com secretários e prefeitos
A realização do “Diálogos Culturais” no Cariri foi precedida de uma reunião do secretário Guilherme Sampaio com secretários de Cultura de 13 municípios da região. 
“Este foi um primeiro momento de contato com os secretários municipais de Cultura, que são essenciais para que se cumpra o objetivo estabelecido pelo governador Camilo Santana e presente no plano de governo, de reforçar as políticas públicas para a cultura no Interior e de ter a cultura como eixo de desenvolvimento do nosso Estado”, frisou Guilherme, realizando um breve resumo de sua trajetória e das primeiras diretrizes para a gestão da Secult.
O secretário também participou, nesta segunda-feira, de reuniões com os prefeitos de Juazeiro do Norte, Raimundo Macedo, do Crato, Ronaldo Sampaio, e de Barbalha, José Leite.
Ampla participação: quatro horas de encontro
Entre os participantes do "Diálogos" no Crato que se manifestaram publicamente durante a reunião, fazendo perguntas, críticas, comentários e sugestões, estão Allemberg Quindins (um dos fundadores da ONG Fundação Casa Grande - Memorial do Homem Kariri), Cacá Araújo (ator e diretor), Jefferson Albuquerque Jr. (cineasta e produtor).
Também participaram Beth Fernandes (produtora cultural), Francioli Luciano (ator e radialista), Geraldo Sinésio (produtor cultural) e os mestres da cultura tradicional popular Cirilo e Raimundo Aniceto, entre vários outros, no encontro que, diante do entusiasmo e da intensidade das participações, começou pouco depois das 17h, com apresentação da Banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto, e se estendeu até mais de 21h.
Compromissos e diretrizes
Entre outros compromissos destacados pelo secretário ao longo dos primeiros 30 dias de trabalho estão a ampliação gradativa do orçamento da Secult, com a meta de chegar ao equivalente a 1,5% do orçamento do Governo do Estado em 2018, a realização do primeiro concurso público da história da Secretaria, a retomada das atividades regulares do Cine-teatro São Luiz e o início das obras de reforma geral da Biblioteca Pública Menezes Pimentel.
A afirmação da riqueza da cultura cearense e a conscientização quanto a seu potencial estratégico para o desenvolvimento do Estado são ressaltadas como diretrizes para a gestão, assim como o objetivo de manter permanente diálogo com todos os setores para construir, de forma conjunta, o fortalecimento das políticas e ações ligadas à arte e à cultura.

Secult

Postar um comentário

0 Comentários