Tasso cobra atenção ao Nordeste em sua volta ao Senado
Ao assumir seu segundo mandato como senador pelo estado do Ceará, Tasso Jereissati (PSDB) defendeu que é preciso resgatar a discussão em torno das políticas de desenvolvimento regional com relação ao Nordeste brasileiro. "Infelizmente, o Nordeste está esquecido com os piores indicadores sociais e econômico do Brasil. E, em especial, o Ceará enfrenta uma crise com seca há anos, uma situação muito grave", disse.
Sobre seu retorno ao parlamento, Jereissati que ao assumir o mandato tem "um sentimento de gratidão com o povo cearense por essa oportunidade, e a certeza de que, neste momento em que o País enfrenta enormes e graves problemas, a responsabilidade de estar no Senado é bem maior".

Com relação ao seu mandato parlamentar, ele assegurou que "a maior prioridade é representar o estado do Ceará, e não deixar impunemente que casos como esse da refinaria voltem a acontecer". O tucano retomou duras críticas à decisão do Governo Dilma de não implantar a Refinaria no Estado, e reafirmou que "houve um engodo, uma trapaça que está causando e vai nos causar um enorme prejuizo. O Ceará infelizmente foi enganado de uma forma vergonhosa pelo Governo, arcando com um prejuizo gigantesto.Diante disso, eu tenho a missão de representar o povo cearense dignamente." Em seguida, cobrou uma atuação mais forte de toda a bancada federal, em prol do Estado. "É preciso que tenhamos um papel de fiscalização. É preciso que a bancada cearense defenda o Ceará e não o Governo."
Assessoria do Senador

Postar um comentário

0 Comentários