Paixão de Cristo: Secult apoia encenações populares em todo o Ceará

A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) está apoiando encenações da Paixão de Cristo e outros espetáculos relacionados às tradições da Semana Santa, em todo o Ceará. Cumprindo as diretrizes de democratização, transparência e descentralização no acesso aos recursos públicos para a cultura, os projetos apoiados foram selecionados através do Edital Ceará da Paixão 2015. Através da iniciativa, o Governo do Estado, por meio da Secult, destinará ao todo R$ 664 mil reais, para um total de 40 grupos de todo o Ceará. 
O valor do edital deste ano foi 6,4% superior à edição 2014. De acordo com a legislação estadual, 50% dos recursos serão destinados a projetos do Interior do Estado. O Edital Ceará da Paixão 2015 selecionou ao todo 40 projetos: 16 na categoria “Evento Tradicional Popular”, destinando a cada um R$12.770,00. Já na categoria “Espetáculo Cênico” foram selecionados quatro projetos com R$ 36.170,00 cada, 10 projetos com R$ 17 mil cada e 10 projetos com R$ 14.450,00 cada. A lista dos contemplados pode ser conferida no site da Secretaria: www.secult.ce.gov.br
A participação de proponentes de todo o Estado no Edital Ceará da Paixão 2015 foi recorde. Foram 177 projetos inscritos, destacando a alta demanda e a receptividade ao novo edital. Anteriormente, o maior número de inscrições havia sido registrado na edição 2013 do edital, para o qual houve 136 inscrições.
O lançamento do Edital Ceará da Paixão 2015 e a divulgação do resultado foram precedidos de reunião entre a equipe da Secult e dezenas de produtores e artistas, dando sequência aos "Diálogos Culturais" da Secult. Durante o encontro, o fortalecimento do edital como instrumento da política pública de cultura no Estado foi destacado pelo secretário da Cultura do Estado do Ceará, Guilherme Sampaio, que apresentou detalhes do processo seletivo.
“A Secretaria garantiu o Edital Carnaval do Ceará e agora apresenta o resultado do Edital Ceará da Paixão. Para isso, foi fundamental contar com o envolvimento de toda a equipe da Secult, com o apoio do governador Camilo Santana e da Assembleia Legislativa, que aprovou a lei autorizativa necessária aos editais. Também foi essencial a parceria com os proponentes e articuladores desses segmentos, como os projetos agora contemplados pelo edital”, aponta Guilherme.
Ao todo, sete reuniões abertas a todos os interessados e com transmissão pela Internet já foram realizadas pela Secult, nestes três primeiros meses do ano. Duas delas aconteceram na região do Cariri. A transmissão pelo site e pelo Facebook da Secretaria da Cultura possibilita a realização de perguntas por artistas e produtores residentes em todas as regiões Estado.

Fonte: Secult-CE

Postar um comentário

0 Comentários