Festa de Nossa Senhora da Penha tem início com carreata de milhares de veículos e passeio ciclístico no final semana

A tradicional festa de Nossa Senhora da Penha, Padroeira do Crato, foi aberta na noite de sábado, com a participação de milhares de pessoas nas ruas da cidade. Uma carreata com mais de dois mil veículos, entre motos e carros, aconteceu na abertura, tendo à frente o andor da imagem da ‘Mãe da Penha’, que prosseguiu em carreata desde o bairro Mirandão, saindo da Capela São João Batista, até a Sé Catedral, onde era aguardada por uma multidão.
 A imagem chegou por volta das 20 horas e foi bastante saudada pela multidão que aguardava no local. Pelas ruas onde passava, era aplaudida pelos devotos de nossa senhora. A concentração para início do cortejo começou às 18h30. A expectativa é que até o dia 1º, na procissão de encerramento da festa da padroeira, participem cerca de 50 mil pessoas das comemorações. A praça foi ornamentada lembrando o Crato antigo, com suas fachadas, e painéis de artistas cratenses, resgatando as tradições populares.
 A bênção dos veículos foi realizada após o hasteamento da bandeira de Nossa Senhora da Penha, pelo representante do Prefeito do Crato, Paulo de Tarso, líder do prefeito na Câmara Municipal.  Na ocasião, houve execução dos hinos da padroeira do Crato e da cidade, pela Banda de Música do Crato, que todos os dias estará realizando a retreta, na igreja. São 135 anos de participação da banda na festa de Nossa Senhora da Penha.  
As novidades este ano durante a festa são a realização do 1º Passeio Ciclístico Nossa Senhora da Penha, que ocorreu ontem, com concentração iniciada às 8 horas, de frente à Capela São João Batista, no bairro Mirandão, e a Cavalgada, que já conta com 500 nomes confirmados para o cortejo pela cidade, saindo da estátua de Nossa Senhora de Fátima, no Barro Branco, no dia 30, em direção à Sé Catedral.
 Mais de cem ciclistas seguiram, acompanhando o veículo com o andor da imagem da santa, até a Sé Catedral, no Centro da Cidade. A conscientização sobre a importância da bicicleta para o meio ambiente e a saúde física e mental do ser humano, foram os principais motivos para realização do evento. “Hoje nas grandes cidades se vê que a bicicleta é um meio de transporte muito útil, inclusive para desafogar o trânsito. A festa também quer ser este momento de conscientização para valorização do uso da bicicleta, que não polui e traz muita saúde física e espiritual. Nossa Senhora é aquela que nos acompanha seja a pé, de carro, moto ou bicicleta”, disse o padre Edimilson Neves, cura da Catedral.
 Os fiéis também aprovaram a ideia e mesmo com a distância percorrida e um calor que chegou a 30°C, não perderam o pique nas pedaladas. “Enquanto pedalamos vamos rezando, falando com o outro sobre a vida de Nossa Senhora, sobre os evangelhos. Temos que estar em constante vigilância”, falou o empresário Wescley Leite, de 35 anos, que ao ser indagado ao final do percurso se estava cansado, afirmou categoricamente que não, e, pelo contrário, já estava preparado para o próximo passeio ciclístico.
 Aos fiéis que participam da Festa de Nossa Senhora da Penha 2015 são oferecidos diversos atrativos. Na parte religiosa existe uma programação vasta e no âmbito cultural, foi montado nas dependências da Catedral um cenário do Crato Antigo e, na Praça da Sé, estão faixas que reforçam a importância religiosa- cultural do município.
 No dia 1º de setembro, Solenidade da Padroeira, a programação terá alvorada festiva (às 6h), Missa (às 7h), Missa Solene presidida por Dom Fernando Panico (às 9h), Salva de fogos (às 12h), Missa e Consagração a Nossa Senhora da Penha (às 16h), Procissão (às 17h), e Bênção do Santíssimo Sacramento (às 18h).
Assessoria da Diocese


Postar um comentário

0 Comentários