CDL Crato, Sebrae Crato e parceiros realizam mobilização em prol do pequeno negócio
O ano de 2015 tem sido de cautela para as micro e pequenas empresas de todo o Brasil. No entanto, para que os pequenos negócios não sejam tão afetados pela instabilidade econômica, o Sebrae lançou o Movimento Compre do Pequeno Negócio, que na próxima segunda-feira (05/10) será tema de uma mobilização e caminhada, às 9 horas, no centro comercial do Crato. Além da CDL Crato e Sebrae, são parceiros do evento Beto Ciclo, Clínica da Bike, Farmácia Gentil e Rádio Somzoom Sat.
A concentração será realizada na Praça São Vicente, com a disponibilização de vários serviços para a comunidade e sorteio de brindes. Em seguida, o movimento sairá em caminha pela Rua Dr. João Pessoa, Miguel Limaverde, dará a volta na Praça da Sé, descendo pela rua Bárbara de Alencar, culminando no ponto de partida.
"O comércio cratense é formado, em sua maioria, por micros e pequenas empresas, sendo responsável pela renda de milhares de família. Então, é importante fortalecer essa parceria, para promover ainda mais cada empreendedor desse", afirma o presidente da CDL Crato, José Alves Lobo.
SOBRE O MOVIMENTO
O Movimento Compre do Pequeno Negócio procura sensibilizar o público sobre a importância de comprar produtos e serviços dos pequenos negócios. Promover esse tipo de consumo significa ganhos para toda a economia, principalmente a local, pois ajuda a estabelecer um comércio mais justo por meio, por exemplo, da criação de empregos para a comunidade e de uma melhor distribuição de renda.
O movimento também se apropria da capacidade que os pequenos negócios têm de se adaptarem às mudanças do mercado, superando os desafios com criatividade, ao aproveitar o clima de incerteza financeira para apontar possibilidades de inovação, de diferenciação e de conquista de novos clientes e mercados.
POR QUE COMPRAR DO PEQUENO NEGÓCIO É MELHOR?
- Valoriza o local
- Gera emprego e renda
- Melhora a qualidade de vida
- Fortalece a economia
- É um ato transformador que beneficia a todos

Conheça os números do pequeno negócio no Brasil

Postar um comentário

0 Comentários