Superlua de Sangue neste domingo
Foto: Reprodução/Nasa.
Pela primeira vez em mais de 30 anos, você poderá ser testemunha de uma combinação entre uma Superlua e o eclipse lunar. O raro evento vai acontecer no domingo, dia 27 de setembro, quando a enorme lua será coberta pela sombra da Terra por mais de 1 hora. Todo o território do Brasil vai poder observar, por volta das 22h, a Lua começar a escurecer e ganhar uma coloração avermelhada, conhecida como “Lua de Sangue”, outro fenômeno da noite.
Os amantes de astronomia aguardam a data com expectativa, pois serão grandes eventos astronômicos numa única noite. Além desses fenômenos, outros dois acontecimentos conhecidos como Lua de Sangue e tétrade lunar são previstos para o dia.
Superluas
A Lua Cheia de 27 de setembro estará a menos de uma hora da máxima aproximação da Lua com a Terra, portanto, ela parecerá ainda maior no céu noturno. De acordo com a Nasa, agência espacial norte-americana, as Superluas acontecem uma vez por ano, em média. Este ano já tivemos duas, mas esta superlua será a mais próxima da superfície terrestre.

Isso acontece porque a órbita da lua não é um círculo perfeito, então em alguns pontos de sua órbita ela parece estar mais próxima do planeta Terra. “Quando a lua está em seu ponto mais distante isso é conhecido como apogeu e quando está mais perto é chamado de perigeu”, explica o cientista da Nasa Noah Petro.


No perigeu, a lua está cerca de 48 mil quilômetros mais perto da Terra do que no apogeu. Essa proximidade faz com que a lua pareça 14% maior e 30% mais brilhante do que uma lua cheia do apogeu. Por isso, a lua cheia do perigeu ficou conhecida como Superlua.

Postar um comentário

0 Comentários