Cadê o concurso, Camilo?

O Sindicato dos Docentes da Universidade Regional do Cariri (Urca) pode paralisar as atividades caso o Governo do Estado não cumpra a promessa de realização de concurso para professor e técnico administrativo. Através de outdoors espalhados em pontos estratégicos, o Sindurca cobra a realização de concurso público na Urca.
Na peça publicitária e reivindicatória, o sindicato questiona ao governador Camilo Santana se será necessária uma nova greve e apontam os números de vagas acordados para cada cargo na  universidade. 
No ano passado, os corpos docente e administrativo cruzaram os braços e entre as cobranças, estava a de concurso público. Um acordo foi feito, a greve foi encerrada, porém, até o momento, não foi cumprido. Ficou definida a abertura de 41 vagas para professor e 28 para técnico administrativo.
Urca nunca fez concurso para técnico
Ao longo dos seus quase 30 anos de existência, a Universidade Regional do Cariri nunca realizou concurso para técnico administrativo. A instituição é resultado da fusão de cursos da Universidade Estadual do Ceará que mantinha campus no Cariri e da Faculdade de Filosofia do Crato. O pessoal de cada instituição foi aproveitado e outros contratados no sistema de terceirização.
Foto: reprodução Sindurca

Postar um comentário

0 Comentários