Em Juazeiro do Norte - Prefeitura pode cortar contratos temporários.

Um dia após a Prefeitura de Juazeiro quitar a folha do 13º salário dos seus servidores e começar a pagar o mês de novembro, a Secretária de Gestão, Raimunda Zarele, anunciou a possibilidade de cortes no número de contratos temporários. Quanto ao restante do pagamento de novembro, reafirmou que as folhas do pessoal das secretarias de educação e saúde já estão prontas e serão pagas até o dia 10 de dezembro por aguardar complemento de recursos federais.
Sobre os cortes, ela justificou a necessidade em virtude das quedas nas arrecadações estadual e federal e a obrigação de cumprir limites constitucionais estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Admite que a receita própria até evoluiu um pouco, mas não o suficiente para deixar de impor a medida se houver novas quedas este mês. Como disse, está monitorando o fluxo de caixa e os repasses. Entretanto, considera iminente o corte de muitos contratos temporários que não causem prejuízos aos serviços públicos.
Zarele adiantou que as únicas exceções estão nas secretarias de saúde e educação as quais receberão tratamento diferenciado e prometeu ainda que os afastados terão prioridade na hora de uma possível recontratação quando as finanças permitirem. Recentemente, houve uma redução de 20% nas remunerações do prefeito, vice, secretários, boa parte dos comissionados e muitos temporários. Ela destacou o esforço permanente no sentido de cumprir as obrigações legais com muita luta e controle de gastos.

Ascom

Postar um comentário

0 Comentários