Crato realiza 16ª Festa Popular da Malhação do Judas

Será no Sábado de Aleluia a 16ª Festa Popular da Malhação do Judas. A programação terá início às 17 horas, no Centro Cultural do Araripe, em Crato. Conforme regulamento, o Judas será escolhido mediante eleição popular, através do voto em um dos candidatos constantes das cédulas eleitorais distribuídas em vários pontos da região e na página oficial do evento no Facebook.  A eleição se realizará em apenas um turno e será eleito aquele que obtiver maioria simples do total de votos válidos.
A cédula eleitoral será composta de 05 (cinco) nomes de pessoas e/ou temas-problemas sociais e comunitários, escolhidos entre os mais indicados pelo Colégio Eleitoral do Judas 2016, instituído pela Sociedade Cariri das Artes e Cia. Brasileira de Teatro Brincante, através da distribuição de Formulários-Cédulas (impressas ou pelas mídias virtuais).
Os 05 (cinco) mais indicados pelo Colégio Eleitoral, apurados na Convenção Municipal do Judas, serão dispostos na cédula em ordem decrescente de número de indicações;
O Colégio Eleitoral do Judas 2015 será composto de “Parlamentares Homens e Mulheres do Povo”, escolhidos/as aleatoriamente entre a população local e de pública adesão através das redes sociais. O Colégio Eleitoral do Judas 2015 funcionará no período de 09 a 19 de fevereiro de 2016.
Cada “Parlamentar do Povo”, integrante do Colégio Eleitoral, poderá fazer até 03 (três) indicações. As indicações poderão ser feitas através do preenchimento de formulário próprio entregue pela Comissão Eleitoral ou via internet enviando sugestões aos seguintes endereços:
A apuração das indicações será realizada no dia 20 de fevereiro 2016, às 15 horas, pela Comissão Eleitoral do Judas designada pela Sociedade Cariri das Artes e Cia. Brasileira de Teatro Brincante, oportunidade em que serão divulgados à imprensa nacional e internacional os 05 (cinco) candidatos a Judas 2016, já dando início à Eleição.
Seguindo a tradição do evento, não poderão ser indicados a Presidente da República e os ex-presidentes, o Governador do Estado do Ceará e os ex-governadores, os prefeitos e ex-prefeitos da Região Metropolitana do Cariri.
  
História:

A Malhação do Judas é um espetáculo de extraordinário alcance histórico e cultural que revive a festa pagã das Capitales Romanas. Muito popular na Península Ibérica, consolidou-se na América Latina desde os primeiros séculos de colonização europeia. Câmara Cascudo afirma que “o Judas queimado é uma personificação das forças do mal e constituirá vestígios dos cultos agrários, espalhados pelo mundo”. 
No Crato, a manifestação existe desde o início do processo de colonização da região do Cariri, e, como em outros pontos do Nordeste, o Judas costuma deixar, em versos de cordel, o seu testamento, passando sua herança para pessoas da comunidade. 
Tradicionalmente se aproveita a ocasião para retratar personalidades políticas, instituições ou pessoas que tenham cometido gestos condenados pela sociedade. É, assim, uma forma de protesto popular. 
O projeto Festa Popular da Malhação do Judas já é um patrimônio do povo do Crato-CE. Idealizado por Cacá Araújo quando professor e diretor do Colégio Estadual Wilson Gonçalves, é realizado desde 2001, sendo esta, portanto, a sua 16ª edição ininterrupta, ampliando sua dimensão no contexto do resgate, preservação e difusão da cultura tradicional do povo cearense e do sertão nordestino.
(A Coordenação)

Postar um comentário

0 Comentários