Assembleia Legislativa homenageia os 200 anos da Comarca do Crato

A Assembleia Legislativa celebrou, nesta segunda-feira (27/06), em sessão solene, os 200 anos de criação da Comarca Judiciária do Crato. O deputado Zé Ailton Brasil (PP), responsável pela iniciativa, destacou que junho é um mês especial, porque no dia 21 é comemorado o aniversário da cidade do Crato, fundada ainda no período colonial, em 1816. " E dia 27 de junho foi criada a Comarca do Crato, pelo então juiz José Raimundo do Passo Barbosa."
O parlamentar lembrou também que a Comarca prestou, desde a fundação “excelentes serviços” e já respondia por quase a metade dos municípios do Estado. “Naquela época, só havia duas comarcas no Ceará: a de Fortaleza e a da cidade do Cariri”, ressaltou.
Zé Ailton assinalou ainda que, hoje, Crato é servida por uma equipe de “jovens juízes comprometidos com a agilidade e eficiência dos trabalhos jurisdicionais”. "A Comarca pode hoje servir de modelo no atendimento e agilidade para todo Estado”, disse. No entanto, o deputado acrescentou que pode vislumbrar um futuro ainda melhor; “com uma estrutura modernizada e com instalações que concedam plena acessibilidade para pessoas com deficiência.”
O deputado também reivindicou que o Tribunal de Justiça do Estado eleve a comarca para a Entrância Final. “É um pleito de toda a sociedade do Crato. Que o Tribunal de Justiça,  junto com a Assembleia, consiga atender a essa importante demanda de toda a sociedade caririense. Espero que isso aconteça ainda esse ano, coroando o aniversário de bicentenário”, frisou.
Durante a sessão, foram também homenageadas 12 pessoas, que, segundo o presidente da sessão, prestaram importantes serviços à Comarca do Crato. Receberam placas alusivas à data o desembargador José Peixoto de Alencar Monteiro (in memoriam), o jornalista Humberto Cabral, a defensora pública Edneuma Freitas, o juiz aposentado Manoel Martins, o promotor de justiça José de Deus Pereira e os juízes  da Comarca do Crato José Batista Andrade, José Flávio Morais, Luís Sávio Bringel, Rômulo Holanda e Ângelo Bianco Vettorazzi.
A defensora Mariana Lobo disse que é uma alegria grande poder participar da solenidade. “Temos acompanhado de perto o desenvolvimento da Justiça do Crato, que trabalha para assegurar os direitos de todos os cidadão do Cariri. Por isso quero homenagear  todos os que realizam essa missão”, pontuou.
O juiz Ângelo Bianco lembrou que o bicentenário da Comarca é uma demonstração de vanguarda. “Nas últimas cinco gestões, foi implementado um componente democrático, quando são discutidos todos os problemas com servidores para a tomada de decisões.” Ele também observou que houve a criação de um gerenciamento de metas demonstrando eficiência, com o crescimento do número de despachos e sentenças. “A produção jurisdicional tem sido elevada, com mesma estrutura física e de pessoal”, acrescentou.
Também fizeram uso da palavra, para agradecer a comenda, o homenageado Manoel Martins, falando por todos os laureados durante a sessão, o jornalista Humberto Cabral e o vereador Luís Carlos Saraiva. 
O evento contou com as presenças do juiz titular do Juizado Especial e do diretor do Fórum Desembargador Hermes Parahyba, sede da Comarca.

Site: Assembleia Legislativa

Postar um comentário

0 Comentários