Mostra Sesc Cariri de Culturas completa 18 anos como referência, sonho e oportunidade para artistas da região e do Brasil


Em sua 18ª edição, a Mostra Sesc Cariri de Culturas já marcou seu nome no circuito cultural brasileiro e segue com a missão de reunir artistas e grupos de todo o Brasil para compor uma programação rica e plural. Realizada pelo Sesc Ceará, instituição pertencente ao Sistema Fecomércio-CE, a programação acontece de 18 a 22 de novembro, contemplando o Cariri e a região circunvizinha. São cerca de 200 atividades gratuitas e que podem ser conferidas no site www.mostracariri.com.br e no aplicativo de celular “Mostra Cariri”, disponível para Android e iOS.
Depois de passarem por processo de curadoria e seleção, 71 grupos de todo o Brasil apresentam trabalhos de literatura, música, artes visuais, audiovisual e artes cênicas. Destes, 29 grupos são do Ceará, o que reforça a missão da Mostra em promover a valorização dos talentos locais.   
O intercâmbio cultural acontece ainda com apresentações de cerca de 105 grupos de tradição popular, com cerca de 1.400 brincantes. São grupos de reisado de congo, reisado de baile, guerreiros, maneiro pau, maracatu, capoeira, banda cabaçal e outras manifestações populares que têm um espaço de diálogo e de valorização da cultura e da tradição.

Grandes artistas nacionais também são convidados a compor a programação da Mostra, com a realização de shows musicais pelas cidades da região, descentralizando as atividades da Região Metropolitana do Cariri. Em 2016, Martinho da Vila, Alceu Valença, Marcos Lessa e Waldonys garantem animação e a solidariedade do público cearense, pois nesses shows o público é convidado a doar 1 kg de alimento não perecível, destinado ao programa Mesa Brasil Sesc.
A Mostra Sesc Cariri de Culturas acumula ainda, ao longo desses anos, um amplo histórico ligado à formação de artistas e comunidade com a realização doSeminário Arte e Pensamento. A atividade acontece nos dias 21 e 22/11, com o tema “As mudanças culturais no Cariri: Um cenário de transformações e novas perspectivas”, reunindo diversos teóricos brasileiros que compartilham e propõem reflexões na Universidade Regional do Cariri (URCA).  
A grande novidade, este ano, é a realização da Feira Popular de Cultura, de 19 a 21/11, na Praça dos Franciscanos, em Juazeiro do Norte. Além do fomento à economia criativa e à produção dos artesãos locais, como acontecia nos anos anteriores, o público encontrará na feira o stand do cordelista, do xilogravurista, do violeiro, etc, e um espaço democratizado para apresentações diárias de artistas populares das mais variadas vertentes.
Assessoria Sesc

Postar um comentário

0 Comentários