As frias de julho

2018
Mais uma oportunidade para o povo brasileiro reconstruir seu destino. Os que estão no comando do País, os que representam os estados e o povo, em sua maioria, estão contaminados com o vírus da corrupção. As investigações continuam em torno desta turma e de seus financiadores, mas não está sendo o suficiente para barrar este ciclo nocivo à sociedade brasileira. Sofremos de amnésia quando se trata deste assunto, ou seja, alijar da vida pública os maus exemplos da política. Os meios de comunicação alardeiam fatos e logo em seguida os jogam no esquecimento. Autoridades injustas facilmente passam por exemplos de honestidade. Sem memória, é bom que se diga, não é possível progredir como povo.

E pode?
A Câmara Municipal do Crato revogou a doação do terreno onde foi edificada a sede da Justiça do Trabalho. O terreno foi doado na primeira metade da década de 90 pelo município para ali ser construída a sede da justiça trabalhista que funcionou por mais de duas décadas. O legislativo pleiteia o prédio para lá se instalar. Em Juazeiro do Norte, o prédio onde funcionou a Vara do Trabalho ficou com o Ministério do Trabalho. O do Crato está abandonado.

Preparação
É grande a movimentação no Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcante. Expositores, comerciantes e organizadores ultimando os detalhes para mais uma Exposição Centro Nordestina de Animais e Produtos Derivados do Crato que terá início no próximo domingo. Algumas ruas no entorno do parque receberam camada asfáltica melhorando a trafegabilidade. Enquanto isso, a periferia continua sofrendo com ruas mal cuidadas.

Esporte
Fala-se que dois times representarão a cidade do Crato na sofrível terceira divisão do Campeonato Cearense de Futebol. Crato e Portuguesa buscam recursos financeiros para este fim. Pouco ou nada deverá ser destinado pelo poder público. Com isso, a turma programa realização de bingos. Um deles, o do Crato Esporte Clube, foi adiado. Não se sabe ao certo o motivo da mudança de data para a sua realização.

Mobilidade
Anel Viário de Juazeiro do Norte facilitou e muito a vida dos caririenses. Quem chega à maior cidade do Cariri pela avenida Padre Cícero ou pela Rodovia Padre Cícero não precisa mais enfrentar o caótico trânsito local. Dois viadutos sobre a linha férrea já foram liberados para os veículos. Lamentável só os quase mil metros que interrompem o percurso de quem circula do São José no sentido do bairro Santa Teresa. Neste trecho não foi feita a drenagem impedindo assim a passagem dos veículos margeando a linha férrea.

SOCIEDADE LÍQUIDA É O ENGANO DE QUEM VALORIZA MAIS OS BENS MATERIAIS QUE A VIDA HUMANA.

Postar um comentário

0 Comentários