Câmara afasta prefeito de Granjeiro

Foto: Facebook
A Câmara Municipal de Granjeiro afastou, por 6 votos a 3, na tarde desta segunda-feira, 17/02, o prefeito Ticiano da Fonseca Félix (Ticiano Tomé). Em seu lugar, assume interinamente o presidente da Câmara Municipal, Luiz Márcio Pereira (Marcin), PMN. 
Votaram pelo afastamento José Dias Sobrinho, José Bacelar Pereira, José Rodrigues dos Reis, Luiz Almir Soares, Luiz Márcio Pereira e Raimundo Calixto de Brito. Foram contrários ao afastamento os vereadores Cícero Cassiano de Sousa, Luiz Alberto Ferreira Marques e Luiz Valdemar de Aquino.
Antes da decisão que afastou Ticiano Tomé, os parlamentares votaram pela admissibilidade da abertura de comissão processante para apurar denúncia de supostas irregularidades administrativas.
A denúncia foi apresentada pelo motorista Sérgio Cassiano da Silva, que pediu a cassação do mandato de Ticiano Tomé. Ele denunciou despesas no valor de R$ 309 mil, entre os dias primeiro e 23 de janeiro, executadas por Ticiano. Também usou como justificativa o fato de o atual prefeito ser investigado pela morte do antecessor, João do Povo.
A Comissão tem na presidência Luiz Alberto Pereira Marques e na relatoria José Bacelar Pereira. Raimundo Calisto de Brito (membro). A comissão tem noventa dias para investigar a denúncia, elaborar relatório e dar um parecer. Caso seja favorável, o afastamento do prefeito será votado em seguida.
O prefeito afastado deverá recorrer ao judiciário para volta ao comando do município de Granjeiro.

Postar um comentário

0 Comentários