A explosão do Pocast

Nova diretoria do Consórcio do Aterro da RMC eleita nesta terça-feira, 26

Reprodução: Internet

O prefeito José Aílton foi eleito por unanimidade o novo presidente da diretoria do Consórcio do aterro da Região Metropolitana do Cariri (RMC), através de videoconferência, tendo como vice-presidente, Glêdson Bezerra, prefeito de Juazeiro do Norte, seguindo da diretoria administrativa, com Guilherme Saraiva, de Barbalha; diretoria financeira, Ítalo Brito, de Nova Olinda, diretoria executiva operacional, em Caririaçu, com o prefeito Edmilson Leite.

"Os lixões acabam gerando insegurança, problemas na saúde da população, no meio ambiente, reclamações de incêndios, entre outros. Esse é um momento para resolver essa questão, numa reunião histórica, no início de mandatos, e os 10 prefeitos estão nesse mesmo propósito", afirma.

Além de eleger a nova diretoria, houve uma explanação do Secretário das Cidades do Ceará, Paulo Lustosa, onde foram expostos dados técnicos referentes a esse aterro sanitário, com a finalidade de debater como vai se tratar a questão das destinações dos recursos, para então seguir nas etapas seguintes, e realizar um cronograma para sair definitivamente do papel.

De acordo com análise técnica, será definido qual o melhor local para depositar os resíduos sólidos, e os municípios serão avaliados. Onde houver melhores condições, a usina de resíduos sólidos será instalada.

O presidente da Assembleia Legislativa, Fernando Santana, falou sobre esse momento com os novos prefeitos e um pouco da realidade relacionada a questão do aterro consorciado. Ele ressaltou a necessidade de se dar a destinação correta para os resíduos sólidos, e, caso os municípios não resolvam o problema nesse momento poderão ter problemas relacionados ao cumprimento da legislação. A recomendação atual é que haja o fim dos lixões.


 

Postar um comentário

0 Comentários