A explosão do Pocast

Livro de professor da Urca resgata história dos índios Kariri e processo identitário dos povos originais da Região

Será lançado nesta segunda, dia 19, às 19h, o livro “Os Kariri”, do Professor do Departamento de Direito da Universidade Regional do Cariri (Urca), Dr. José Patrício Pereira Melo. Esse será um dos primeiros e mais completos trabalhos relacionados aos índios kariri, povos originários da região, e reúne informações importantes, com dados e análises, voltados ao fortalecimento da identidade dos povos Cariri Poço Dantas, em Crato. O lançamento acontecerá de forma virtual, através da plataforma google meet.

O trabalho de pesquisa, que resultou na tese de doutorado do Professor Patrício Melo, foi realizado entre os anos de 2014 e 2020, na área de Direito, pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, em decorrência de projeto realizado com apoio da Fundação Cearense de Apoio Pesquisa (Funcap) e Governo do Estado do Ceará.

O trabalho envolve resultados de uma pesquisa teórica e empírica, tendo como referência o Direito Socioambiental, além das áreas relacionadas ao Direito Constitucional, Direito Ambiental e os Direitos Sociais, positivados na Constituição. Segundo o autor, o trabalho vai além de um estudo apenas jurídico, e reúne um amplo relato historiográfico, além de descritivo do Cariri. A memória é reavivada dentro de um contexto de vivência dos ancestrais da região e dos que resistem. Isso inclui uma ampla explanação sobre o Geoparque Araripe Mundial da Unesco, além dos Kariri do passado e daqueles que resistem no território e buscam o fortalecimento da sua identidade.

Com uma ampla pesquisa, o Professor Patrício Melo afirma que os autores que referenciam o trabalho identificam no processo histórico, social e jurídico dos grupos étnicos submetidos à colonização, um dos maiores etnocídios da história, protagonizado pelos espanhóis e portugueses no século XVI. O que permitiu uma análise mais crítica e dialética, além de evidenciar a relação entre as diversas culturas e natureza.

Ascom Urca

 

Postar um comentário

0 Comentários