A explosão do Pocast

Morre vítima da Covid 19 o jornalista Gilmar de Carvalho

 

Vítima da Covid-19, morreu, neste domingo, em Fortaleza, o jornalista, professor e pesquisador da cultura cearense Gilmar de Carvalho (71). Ele estava internado desde 20 de março último, numa UTI do Hospital Regional da Unimed. A informação foi divulgada pelo acadêmico Juarez Leitão, em Whatsapp do Instituto Histórico do Ceará e também pela grande amiga do escritor, Dodora Guimarães, em suas redes sociais. 

Gilmar de Carvalho também era escritor e doutor em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo. Em 2019, chegou a recusar receber o título de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal do Ceará (UFC) devido à nomeação de Cândido Albuquerque como reitor da instituição. Para Carvalho, Cândido seria um “interventor” e sua nomeação teria ignorado a consulta à comunidade acadêmica.

No mesmo ano, doou arquivos de sua biblioteca pessoal para o Acervo do Escritor Cearense (AEC), onde são guardadas memórias de figuras importantes do Estado, como Antônio Girão Barroso e Natércia Campos. Correspondências trocadas com amigos, documentos históricos, livros, fotografias antigas e jornais estiveram entre os itens doados.

Com informações de O Povo

Em tempo: Conheci o professor Gilmar de Carvalho quando trabalhava no Jornal do Cariri. Uma pessoa de uma simplicidade incrível que a tornava especial no nosso meio. No ano passado, o entrevistei no Tribuna do Povo da Rádio Iracema. Veio apresentar a nova edição do livro Sertão das Rabecas de sua autoria sobre Rebecas, resultado de uma viagem que percorreu mais de 50 municípios para catalogar a presença das rabecas no Nordeste. Descanse em paz, amigo.


Postar um comentário

0 Comentários