Exclusivo: PC do B expulsa secretário do governo Ronaldo
O secretário de Planejamento do Crato, Robério Alves Nogueira, foi expulso do PC do B. Resolução neste sentido foi tomada no último dia 23 em reunião do Diretório Municipal.
O motivo da expulsão teria sido infidelidade partidária, porque os comunistas cratenses decidiram no ano passado romper politicamente com o governo Ronaldo Gomes de Matos e sugeriram ao então secretário de Educação, Robério Nogueira, que deixasse a administração, porém, contrariando a decisão do partido, o professor continuou no governo e, graças a uma manobra política do prefeito, chegou a assumir uma cadeira no legislativo cratense.
Com isso, teve início um processo de expulsão do professor Robério que chegou a declarar na imprensa que não tinha motivos para se desligar do atual governo, pelo fato de ter sido prestigiado como o primeiro secretário de Esportes do Crato, depois ter assumido a pasta da Educação, o legislativo. Atualmente, o professor Robério é titular da pasta de Planejamento.
Robério demonstrou surpresa com o vazamento da informação da decisão do diretório, esclarecendo que ela só poderia ser tornada pública após a ciência da Executiva Estadual. Ele afirmou que ontem recebeu a notificação e, por conta de estar muito atarefado, ainda não analisou os argumentos da decisão. Observou que vai estudar o caso e só então decidirá se vai ou não recorrer.
Indagado pelo blog se ingressaria no PSC ao qual o prefeito Ronaldo Gomes de Matos se filiou nesta semana, o secretário descartou esta possibilidade, reafirmando que só após analisar a decisão que o expulsou do PC do B, poderá entrar com recurso ou ir para outra sigla.
Logo mais à noite, na Câmara Municipal do Crato, o partido realiza a sua conferência com a participação de membros da Executiva Estadual, inclusive, do deputado federal Chico Lopes. Na ocasião, haverá filiação de novos membros.
(Foto; Face)

Postar um comentário

0 Comentários