Lançado edital que trata da licitação de transporte coletivo em Juazeiro

A Procuradoria Geral do Município lançou o edital relacionado com a licitação do transporte coletivo em Juazeiro do Norte o qual já pode ser adquirido junto à Comissão de Licitação. O mesmo já foi publicado no Diário Oficial do Município e alguns jornais de grande circulação já que a prefeitura tem pressa porquanto são muitas as queixas quanto a situação atual com uma frota sucateada, ônibus superlotado, veículos descumprindo horários e falta de manutenção com panes mecânicas constantes dos coletivos.
De acordo com o Procurador João Vítor Grangeiro, são 45 dias determinados por lei e, após esse prazo, acontecerá a sessão para receber a documentação das empresas participantes seguida da análise técnica das propostas. Segundo ele, com mais 20 ou 30 dias doravante o processo licitatório será concluído. O município espera ver o início dessa nova etapa no sistema de transportes coletivos de Juazeiro no mês de abril se tudo correr dentro da normalidade.
O Procurador antecipa alguns requisitos constantes no edital como a idade média da frota de, no máximo, 10 anos e todos com elevadores para garantir acessibilidade aos cadeirantes e idosos. Além disso, pontualidade nos serviços, novas linhas e a oferta de horários mais tardios. João Vitor explica que, quando surgir a necessidade de novos trechos, isso poderá ser autorizado com uma simples ordem de serviço sem precisar de mais uma licitação.
Ele confidenciou que empresas da Bahia já procuravam informações e lembrou que as atuais podem participar desde que atendam as exigências do edital para a oferta de um serviço digno conforme o que foi discutido nas audiências públicas. O Procurador observa que essa licitação deveria ter sido feita na gestão passada que se eximiu da responsabilidade apenas oferecendo uma autorização precária sem os requisitos básicos. Agora, como disse, o prefeito Raimundo Macedo vai deixar um grande legado para a população.
Foto e texto: Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Juazeiro do Norte

Postar um comentário

0 Comentários