Top five caririzeiro

Os bastidores da política crajubaense estão mais movimentados do que nunca. Nas três cidades em discussão a eleição das mesas diretoras dos legislativos. Os prefeitos eleitos dizem que isso é assunto do parlamento, porém na prática cada um já se articula para fazer o comando das casas, sob pena de terem adversários comandando o legislativo cuja missão é, obviamente, legislar e fiscalizar as ações do executivo.

Ainda sobre o Crajubar, os três prefeitos circularam pelas capitais da República e do Estado em busca de assegurar emendas para seus municípios. Argemiro Sampaio fez ligação direta com Brasília onde manteve contatos com senadores e deputados aliados. Os dois Josés (Aílton e Arnon) estiveram em Brasília e Fortaleza. Querem assumir os comandos de Crato e Juazeiro do Norte com emendas parlamentares para seus municípios.

O Tribunal de Contas dos Municípios já começou a agir no sentido de evitar os costumeiros desmontes administrativos pós-eleição. Três municípios do Cariri recebem as temíveis caravanas do tribunal que não admitem uma prática nefasta de desrespeito ao povo. Neste período, verifica-se aumento no número de administradores que atrasam salários de servidores, deixam de pagar fornecedores e de oferecer a assistência devida à população.

As especulações em torno dos novos secretários municipais não param. Esta é mais uma dor de cabeça para os recém-eleitos prefeitos. Eles tem que agir com maestria no sentido de não desgostarem os aliados de primeira hora e os demais que também se sentem responsáveis pela vitória. Tem gente da atuais administrações que deseja continuar integrando o primeiro escalão do staff administrativo por se considerar imprescindível.


O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), receberá nesta segunda-feira (24) em sua residência oficial cerca de 300 deputados da base em um coquetel para um último alinhamento antes da votação da PEC 241, marcada para acontecer nesta terça-feira (25).  A matéria está no jornal Folha de São Paulo.

Postar um comentário

0 Comentários