sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

"No momento em que estamos vivendo, de dificuldade econômica, a gestão tem que priorizar aquilo que a população mais reivindica. E é exatamente isso que estamos fazendo, focando nas áreas prioritárias para os cearenses e a segurança é uma delas. Portanto, essa promoção é uma forma de reconhecer os anseios da sociedade e de valorizar o trabalho desses profissionais". Foi com estas palavras que o governador Camilo Santana promoveu, na tarde desta quinta-feira (8), 456 subtenentes da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar ao cargo de segundo-tenente, em solenidade no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza.
Ao todo, 326 policiais e 130 bombeiros foram contemplados com a nova lei que regulamenta as promoções e garante a ascensão na carreira ao longo do tempo. Os militares, que assumirão funções administrativas nas corporações, realizaram o Curso de Habilitação de Oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CHO PM/BM), ministrado na Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE).
Lei das Promoção dos Subtenentes

O governador Camilo Santana sancionou a lei especialmente para a categoria no dia 25 de maio de 2016, criando 404 novas vagas no oficialato militar cearense. A lei regulamenta as promoções, garantindo a ascensão na carreira ao longo do tempo. A proposta assegura aos atuais subtenentes a possibilidade de ingresso na carreira de oficial, desde que tenham atingido 20 anos de corporação e pelo menos cinco anos como subtenentes. Após concluído o CHO, os profissionais poderão assumir o posto de 2º tenente, ingressando no oficialato.

Investimentos em segurança

O Governo do Ceará divulgou, no início de dezembro, o resultado preliminar do concurso que oferta 4.200 vagas para reforçar o efetivo da Polícia Militar. Os cargos estão distribuídos em três turmas, com previsão de convocação até o ano de 2018. Já na última segunda-feira (5), o Estado ganhou o reforço de mais 255 policiais civis (65 delegados, 85 inspetores e 105 escrivães) que compõem o segundo grupo de aprovados no último concurso para a corporação. O último grupo deverá tomar posse no primeiro trimestre de 2017.

Média salarial no Nordeste

Há uma semana, o governador Camilo Santana anunciou que vai enviar Mensagem de Lei para a Assembleia Legislativa propondo a implantação da média salarial dos estados do Nordeste para os servidores da área de segurança pública do Ceará. A medida, que é um dos compromissos do chefe do Executivo para a área, foi elaborada após levantamento sobre a realidade dos demais estados nordestinos.

Núcleo de Comunicação

0 comentários:

Postar um comentário